«É com alegria que comunico a todo o presbitério e a todos os fiéis, que nomeei hoje o nosso caro padre Firmino Dinis Ferro como vigário geral da nossa diocese», afirmou D. Manuel Neto Quintas perante a quase totalidade dos membros do presbitério algarvio presentes e na presença de uma numerosa assembleia de fiéis, garantindo que «a acção do vigário geral da diocese, junto do Bispo diocesano e junto do colégio dos presbíteros, muito contribuirá para a eficácia da pastoral». O Bispo do Algarve agradeceu ainda a disponibilidade do padre Firmino Ferro «em aceitar este serviço» e manifestou a certeza que o sacerdote o «desempenhará com a dedicação e generosidade que todos lhe reconhecem». «Para ele peço a vossa oração e o vosso apoio», concluiu. O recém-nomeado vigário geral lembra que a sua nova missão «é um cargo de serviço ao Bispo da diocese», pois «o vigário geral é o colaborador mais próximo do Bispo». Para o padre Firmino Ferro «a relação com o presbitério será essencial». Recorde-se que o padre Firmino Ferro, de 62 anos de idade, pároco de Silves há 16 anos, esteve já naquela paróquia como pároco coadjutor há 36 anos, desempenhou, no Seminário, as funções de prefeito durante 2 anos, foi pároco de Ferragudo durante um ano e de Monchique durante 15 anos. A diocese algarvia encontrava-se sem vigário geral já há algum tempo. O cónego José Pedro Martins foi o último membro do presbitério algarvio a desempenhar tal função, tendo sido posteriormente nomeado vigário episcopal para a pastoral, cargo que continuará a desempenhar. Por agora, o padre Firmino Ferro irá continuar a residir em Silves.