No Sábado o Pároco Padre António Rocha presidiu à Celebração Eucarística em que se assinalou o encerramento do ano lectivo para os alunos de Educação Moral e Religiosa (EMRG) das escolas da área paroquial. À noite teve lugar no adro da designada «Catedral de Faro do Século XX» um animado arraial são joanino, com todos os componentes desta festividade popular e que foi uma expressiva jornada de convívio, alegria e amizade. No Domingo, o pároco padre António Rocha, coadjuvado pelo diácono Rogério Egídio, pelas 11 horas, presidiu à Solene Celebração Eucarística, acompanhada pelo Grupo Coral da Paróquia e com a participação de elevado número de acólitos desta comunidade e de São Pedro. No início da Eucaristia o presidente da Celebração realçou o significado da memória litúrgica de São João Baptista «percursor dos caminhos do Senhor», da veneração ao Orago São Luís e do sentido da instituição de novos Acólitos (a Ana, a Elisabete, o Marcelo e a Jessira) e da renovação das promessas dos que ali servem a Igreja dedicadamente. Foram estas também referências da homília proferida pelo padre António Rocha, após a leitura do texto evangélico de São Lucas pelo diácono Rogério Egídio. «Cada cristão é chamado à vida e a uma missão que é preciso descobri-la», afirmou o celebrante, destacando que «o mistério de Deus começa no seio materno com a descoberta dos desígnios do Senhor a nosso respeito», a propósito do nascimento de São João Baptista, que apontou como o único santo, cujo nascimento para além de Jesus é assinalado no calendário litúrgico e cuja festividade remonta ao século IV, sendo o santo a quem é dedicada em todo o Mundo maior número de templos e que dezenas de Papas escolheram o seu nome, o último dos quais foi João XXIII. Citou também as excelsas virtudes do Padroeiro, o venerado São Luís, da sua humildade e da sua generosidade. Seguiu-se a cerimónia da investidura dos novos Acólitos («Nós somos servidores da Igreja do Senhor / Acólitos de Cristo, por Ele conduzidos à sua Eucaristia, à fonte do Amor») que, acompanhados pelos respectivos padrinhos fizeram o juramento da sua fidelidade à missão e cuja boas-vindas à Associação dos Acólitos foi dada pelo Luís Manuel, da Escola de Formação, seguindo-se a entrega da Diplomas – Certificados de Reconhecimento pela sua continuada dedicação aos Acólitos Séniores, a Ana Margarida e o Ivan Paulo, actos que foram testemunhados com fortes aplausos. A «Semana da Paróquia» terminou, à tarde, com a «Oração das Vésperas», a que se seguiu a solene procissão reconduzindo a imagem de São Luís para a sua Capela.