Feita de raiz, a obra constituiu a primeira fase do projecto de construção da Residência e Centro Paroquial que integrará um salão e salas de catequese. Construida no terreno do antigo cemitério, a obra, subsidiada quase na totalidade pela Câmara Municipal de Castro Marim e também pela Junta de Freguesia local, custou 125 mil euros, tendo ficado a construção a cargo desta última. Segundo o pároco, padre Feliz Pires, a segunda fase do projecto “só avançará quando houve disponibilidade financeira para fazer a obra”.