Por outro lado, segundo o SDPJ, a iniciativa tem simultaneamente o objectivo de “dinamizar a Pastoral Juvenil da vigararia de Faro, promovendo momentos de encontro entre os jovens de cada paróquia e entre os jovens das várias paróquias da vigararia, aproveitando a proximidade da JDJ como estímulo e meta”. “São novas oportunidade de, em vários momentos e em grupo, nos aproximarmos de Cristo, conhecê-l’ O melhor, permanecer com Ele, perceber o que quer Ele de cada um de nós, através de um sinal da nossa identidade cristã que nos aponta para Cristo e para a Ressurreição: a Cruz”, complementa a equipa do SDPJ. Na prática, a iniciativa irá consistir na passagem da Cruz das JDJ, durante uma semana por cada uma das paróquias, aproveitando cada comunidade paroquial essa presença da maneira que achar mais conveniente, na medida das suas possibilidades e criatividade. Vigílias de oração só com os jovens ou abertas aos restantes membros da comunidade ou inter-paroquiais, vias-sacras, momentos de oração e/ou reflexão temática por exemplo sobre a mensagem do Papa para este acontecimento, divulgação/promoção das JDJ através de meios multimédia, concertos musicais, espaços de testemunhos, exposições da Cruz na igreja paroquial ou em locais públicos, momentos de veneração da Cruz, são algumas das propostas avançadas pela organização. Cada semana terminará sempre com uma vigília de oração, na qual será entregue a Cruz aos jovens representantes da paróquia que se segue na cadeia. Os destinatários serão então todos os jovens da vigararia de Faro, não só os que estão organizados em grupos, incluindo aqueles que se encontram em preparação para o Crisma, mas também todos os outros, incluindo os que pertencem a associações, movimentos e obras. Os promotores pretende-se que sejam os responsáveis e animadores das várias expressões juvenis em colaboração com os próprios jovens que recebem a Cruz na sua própria paróquia. Assim, a cadeia, que terminará na véspera da JDJ que este ano se realiza no dia 15 de Março, terá início no próximo dia 11 deste com uma Vigília de Oração, subordinada ao tema “A Cruz: Esperança única”, para os jovens de todas as paróquias da vigararia de Faro, na igreja de São Pedro, em Faro, pelas 21.30 horas. A Cruz das JDJ continuará até ao dia 18 de Janeiro na paróquia de São Pedro, passando de 18 a 25 de Janeiro para a paróquia de São Luís de Faro. De 25 de Janeiro a 1 de Fevereiro será a vez de Olhão receber a Cruz; seguindo-se a Fuseta, de 1 a 8 de Fevereiro; Moncarapacho, de 8 a 15 de Fevereiro; Quelfes, de 15 a 22 de Fevereiro; Conceição de Faro, de 22 a 29 de Fevereiro; Montenegro de 29 de Fevereiro a 7 de Março; e a Sé de Faro de 7 a 14 de Março.