Segunda-feira 10 de Dezembro de 2018
Inicio / Noticias / ‘Passeio Pais e Filhos’ para famílias de Portimão aliou espiritualidade, convívio e natureza

‘Passeio Pais e Filhos’ para famílias de Portimão aliou espiritualidade, convívio e natureza

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Aliar a espiritualidade, ao convívio e à natureza foi o propósito da iniciativa proposta no passado domingo às famílias pela Pastoral Familiar da vigararia de Portimão da Diocese do Algarve.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O percurso pelo passadiço pedonal de seis quilómetros que liga, ao longo do cordão dunar, a praia dos Três Irmãos à Ria de Alvor em toda a frente de mar, foi o cenário do ‘Passeio Pais e Filhos’ que contou com cerca de 50 pessoas participantes.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A concentração teve lugar num dos apoios de praia onde foi feita a oração da manhã que contou com a curiosidade e a solidariedade de alguns transeuntes estrangeiros. Tomado o café ou outra bebida, foram feitas as apresentações dos pais pelos filhos e vice-versa e a caminhada teve início.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Ao longo do percurso, os filhos fizeram um jogo de pistas e os pais tiveram também acesso a pistas, mas para a sua reflexão pessoal. Enquanto caminharam, os pais usufruíram de um tempo de silêncio. “São pistas para reflexão enquanto se caminha para cada um fazer com Deus o ponto da situação da sua vida neste momento”, explicou o organizador do encontro ao Folha do Domingo.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O padre Nuno Tovar de Lemos considerou a atividade uma “oportunidade muito boa” para as famílias alcançarem “algum alimento espiritual no início do ano” pastoral, para além de permitir aos “pais estarem com os filhos” e às “famílias se conhecerem umas às outras, interagirem”.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O sacerdote jesuíta explicou que o ano passado a atividade tinha sido realizada apenas para famílias da paróquia de Nossa Senhora do Amparo, em Portimão, confiada aos padres do seu instituto religioso. “Na reunião de responsáveis da pastoral familiar pensávamos que era bom abrir para toda a vigararia”, contou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

No percurso, que incluiu tempos de partilha das reflexões, os participantes puderam ainda confrontar a sua vida a partir das leituras propostas da Bíblia.

A participação na atividade pôde ser feita mediante a presença de pelo menos um dos progenitores (pai ou mãe) e de pelo menos um filho, mas houve até algumas famílias que levaram amigos ao encontro.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

No final da manhã, participaram na celebração da missa campal, presidida pelo padre Nuno Tovar de Lemos.

Depois do piquenique para almoço partilhado, seguiram em direção à igreja de Alvor para a oração de encerramento.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Ao longo deste ano pastoral 2018/2019, a Pastoral Familiar das paróquias que constituem a vigararia de Portimão tem ainda previsto propor a participação no retiro para casais, agendado para 17 e 18 do próximo mês de novembro, na Casa de Retiros de São Lourenço do Palmeiral. Aquela estrutura vicarial organizará ainda a peregrinação proposta no Programa Pastoral realizar-se em cada uma das quatro vigararias que constituem a Diocese do Algarve.

Verifique também

Responsável da Igreja italiana da pastoral com pessoas com deficiência veio explicar como trabalham

A responsável da catequese para pessoas portadoras de deficiência da Igreja Católica italiana veio ao …