O cónego José Pedro Martins, vigário episcopal para a pastoral, explicou, em nome Pastoral Familiar da Igreja algarvia, que importa “continuar a privilegiar a importância da preparação para o Matrimónio, estendendo-a a todas as paróquias da diocese” e “promover acções conducentes ao acompanhamento e integração dos novos casais”. “Não é só preparar, é preciso depois acompanhar”, advertiu, defendendo a integração dos movimentos eclesiais com incidência familiar no trabalho a realizar nesta área. A celebração comunitária de aniversários de matrimónio, da bênção de mães e a bênção do novo lar foram outras das iniciativas propostas avançadas, assim como a promoção do Dia Diocesano da Família. “Queremos que seja um acontecimento muito relevante na nossa diocese”, afirmou o cónego José Pedro Martins em relação a esta última acção de carácter diocesano previsto para o dia 15 de Maio de 2010. A inserção da Pastoral do Baptismo e da catequese das crianças no âmbito da Pastoral Familiar foram outras ideias sugeridas.