Dos inscritos, para além do Bispo da diocese algarvia, D. Manuel Neto Quintas, que presidirá à peregrinação, constam ainda dois sacerdotes do Algarve, o padre Augusto Brito, pároco das comunidades de São Bartolomeu de Messines e de São Marcos de Serra, e o padre Carlos de Aquino, pároco de Silves. Dos 100 peregrinos há 17 que são oriundos de Silves, 15 de Faro, 9 de Lagoa, 9 de Portimão, 8 de Tavira, 4 de Albufeira, 4 de Messines, 3 de Boliqueime, 3 de Loulé, 3 das Ferreiras, 2 de Aljezur, 2 de Castro Marim, 2 de Olhão, 2 de Vilamoura, 1 de Ferragudo, 1 do Parchal e 1 de Porches. A estes juntam-se 5 peregrinos do Norte do país. Na história recente da diocese algarvia constam pelo menos três peregrinações diocesanas à terra-berço do Cristianismo, a primeira realizada no tempo de D. Ernesto Costa e as duas últimas, efectuadas já sob a presidência de D. Manuel Madureira Dias. O preço da viagem, em regime de pensão completa, será de 1195 euros para quartos duplos, sendo o suplemento para quarto individual de mais 17 euros.