A chegada ao Santuário de Lourdes deverá acontecer já ao final da tarde e será ali passada a segunda noite da peregrinação. Após o visionamento de um DVD sobre a história das aparições de Nossa Senhora naquele santuário mariano à pequena Bernadette Soubirous, será celebrada Eucaristia, presidida pelo Bispo do Algarve e, após o jantar, os peregrinos poderão participar na procissão de velas. No dia seguinte, 29 de Julho, pelas 6 horas o grupo do Algarve celebrará Eucaristia na gruta do santuário, partindo depois para Taizé, onde chegará pela tarde. A Peregrinação Diocesana do Algarve à comunidade ecuménica no sul da Borgonha, em França, fundada em plena Segunda Guerra Mundial pelo saudoso irmão Roger Shutz, irá prolongar-se então até ao domingo seguinte, dia 5 de Agosto. Maioritariamente constituída por jovens dos 15 aos 29 anos, a peregrinação do Algarve integra ainda 24 adultos e um grupo de 7 famílias. Para além do Bispo do Algarve, acompanham ainda a peregrinação diocesana 2 sacerdotes, os padres Carlos de Aquino e Manuel Condeço, respectivamente assistente do Sector Diocesano da Pastoral Juvenil (SDPJ) que promoveu a iniciativa e pároco das comunidades de Algoz e da Guia. Igualmente participantes serão também dois diáconos da Igreja algarvia, Luís Galante e Rogério Egídio. No total seguirão do Algarve para Taizé três autocarros com 53, 59 e 65 peregrinos, oriundos de Algoz (5), Aljezur (33), Bensafrim (2), Espiche (1), Ferreiras (6), Lagoa (11), Loulé (26), Monchique (16), Odeceixe (3), Portimão (16), Quarteira (3), São Luís de Faro (11), São Pedro (11), Tavira (26) e do SDPJ (3). Os jovens algarvios unir-se-ão assim à movimentação de juventude que desde 1950 começou a rumar espontaneamente à Comunidade Ecuménica de Taizé. Taizé irá acolher os algarvios, durante uma semana, com o propósito que motivara em 1942 o então jovem suíço Roger: reunir homens que sentissem a necessidade de juntos fazerem comunhão e viverem em paz uma vida simples, partilhando o trabalho e as reflexões das Sagradas Escrituras, caminhando em comunidade à descoberta de Deus revelado aos homens por Jesus Cristo. Os jovens ficarão acampados enquanto os adultos serão acolhidos em alojamentos colectivos próprios para homens e senhoras e as famílias serão alojados na ‘Olinda’, uma casa de Ameugny, a aldeia vizinha a 600 metros da comunidade. O regresso a Portugal será directo após o almoço de dia 5 de Agosto e a chegada ao Algarve está prevista para dia 6 de Agosto à noite.