Luís Perpétuo Martins, do Sector do Ensino da Igreja nas Escolas da diocese do Algarve, explica que esta iniciativa procurou ser uma acção “eminentemente prática” para desenvolver em grupo os novos conteúdos programáticos aprovados, uma vez que, apesar de terem sido apresentados num fórum em Fátima, participado por cerca de 800 docentes, ainda muitos professores não tinham tido ainda contacto com eles. Nesta 6º edição das acções interdiocesanas os docentes analisaram, prepararam e planificaram aulas e alguns materiais para serem aplicados no próximo ano lectivo. Das três dioceses do Sul participaram cerca de 60 docentes, sendo 14 da diocese do Algarve. “Os trabalhos decorreram de forma muito satisfatória, uma vez que houve a preocupação de constituir os grupos com professores das três dioceses para que as realidades fossem diferentes”, frisou Luís Martins. Todo o trabalho feito nos grupos para as unidades lectivas que irão ser implementadas (5º, 7º e secundário), incluindo planificações e materiais foi depois compilado e entregue aos participantes. No próximo ano lectivo, a acção interdiocesana decorrerá em Beja em data a ainda a agendar.