Intitulada ‘A Rádio Costa D’Oiro – Desafios e Compromissos’, a publicação de 78 páginas pretende ainda “homenagear todos aqueles que, ao longo destes 15 anos, colaboraram ou ainda colaboram de uma forma tão apaixonada na Rádio Costa D’Oiro”. As mensagens de personalidades como D. Manuel Madureira Dias, Bispo Emérito do Algarve, cónego José Pedro Martins, director da RDC e vigário episcopal para a pastoral da Diocese do Algarve, padre Arsénio da Silva, director de programas da RCD, Isilda Gomes, ex-governadora civil de Faro, José Inácio, presidente da Câmara de Lagoa, ou Manuel da Luz, presidente da Câmara de Portimão, destacam o “brioso voluntariado” que apoia as emissões, o serviço prestado à comunidade como “meio de comunicação e espaço de missão” e testemunham que a RCD tem sido “uma escola de comunicação sobretudo para muitos jovens”. As opiniões e testemunhos reunidos na publicação, incluindo as de diversos colaboradores como o diácono Luís Galante, evidenciam ainda a “apresentação de grelhas de programação inovadoras” realizada ao longo destes anos, pese embora a falta de apoios financeiros suficientes, e exortam a “um novo impulso” à actividade da rádio, valorizando a “formação humana”. Apela-se a um “salto qualitativo de programação”, a que, em conjugação com o Portal diocesano na Internet, possa “levar de forma sistemática e programada o testemunho da mensagem cristã a todo o novo «continente digital»” e à “identificação da rádio com as comunidades paroquiais”.