Inicio / Noticias / Relíquias de Santa Teresinha visitam diocese do Algarve

Relíquias de Santa Teresinha visitam diocese do Algarve

A Conferência Episcopal Portuguesa “deseja que a graça de acolher a visita das relíquias de Santa Teresa do Menino Jesus, integrada no Congresso Internacional para a Nova Evangelização, de Lisboa, aponte para a perspectiva dinâmica e apostólica da fé cristã”. “A proximidade física destas relíquias, através da urna que contém os seus restos mortais sustentará o olhar da fé e moverá os corações. Ao estar perto de quem descobriu na sabedoria do Evangelho a força do amor misericordioso de Deus, o ardor da missão e a beleza da santidade, seremos impelidos a renovar essas atitudes na vivência eclesial”, escrevem os Bispos portuguesas na Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa, publicada a propósito do acontecimento. Os Prelados lembram ainda que “a visita das relíquias deverá constituir momento para revigorar o sentimento religioso cristão, através da inserção da visita em actos litúrgicos próprios, adaptados a valorizar dimensões específicas do carisma teresiano, como meio de prolongar a vida litúrgica da Igreja, ao proporcionar alimento de uma piedade centralizada na vida sacramental”. Chegadas da diocese vizinha de Beja, as relíquias de Santa Teresinha serão acolhidas no Mosteiro de Nossa Senhora Rainha do Mundo (Carmelo de Faro) no dia 17 de Novembro, pelas 17 horas, o­nde terá lugar a oração de vésperas, seguida de Eucaristia, presidida pelo Bispo do Algarve, D. Manuel Neto Quintas. À noite, pelas 21 horas, terá início a Vigília de Oração orientada pelas religiosas(os) da diocese algarvia. Na sexta-feira, dia 18 de Novembro, as relíquias seguem para Portimão o­nde, pelas 9 horas, serão acolhidas na igreja matriz, depois de uma procissão que terá início na “Alameda”, em frente da igreja do Colégio. Ao longo de toda a manhã será realizada uma oração para acompanhar a exposição dos restos mortais da Santa carmelita. Pelas 12 horas será celebrada uma Eucaristia, presidida pelo pároco, o cónego José Pedro Martins. Pelas 15 horas, as relíquias seguirão para Tavira. O acolhimento em Tavira será feito, pelas 16.30 horas, na igreja de Nossa Senhora do Carmo, seguindo-se a oração das vésperas. Pelas 19 horas será celebrada a Eucaristia, presidida pelo pároco das comunidades paroquiais da cidade, o padre David Sequeira, e pelas 20.30 horas terá início a Vigília de Oração. Uma hora depois, o relicário regressará ao Carmelo de Faro, o­nde pernoitará. No dia 19 de Novembro, será a Catedral diocesana a acolher as relíquias da “Doutora da Igreja”. Após o acolhimento, pelas 9 horas, serão rezadas laudes e, pelas 9.30 horas, terá início uma Celebração que decorrerá durante toda a manhã. Das 9.30 horas às 10.30 horas, a Celebração será assegurada pelas famílias, movimentos e grupos. A segunda hora, animada pelos jovens, terá organização dos Sectores Diocesanos da Pastoral Vocacional e da Pastoral Juvenil e as crianças da catequese das paróquias da vigararia de Faro com os seus catequistas irão orientar a última hora da Celebração. Às 12 horas será celebrada Eucaristia, pelo Bispo diocesano, seguida de uma despedida ainda presidida por D. Manuel Neto Quintas. Antes de seguirem para a diocese de Setúbal, as relíquias de Santa Teresa de Lisieux passarão pelo Estabelecimento Prisional de Faro, pelas 13.30h, para uma celebração presidida pelo padre Manuel Rodrigues, pároco da área paroquial o­nde se encontra aquela instituição.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …