A iniciativa que teve início na segunda-feira, dia 18 de Setembro, prolongou-se até à sexta-feira seguinta, dia 22, e foi orientado pelo padre Agostinho Leal, sacerdote carmelita. Ao longo dos cinco dias, o orientador procurou abordar a temática de “ser padre nos dias de hoje”, tentando fazer uma leitura espiritual das conclusões do recém-realizado Simpósio do Clero de Portugal, em Fátima, levou igualmente os participantes a reflectir sobre a implicações implícitas à condição de serem sacerdotes no tempo presente, nas suas diversas dimensões. Desta forma, os sacerdotes algarvios realizaram a sua preparação espiritual com vista ao início das suas actividades no início do novo ano pastoral.