Segunda-feira 14 de Outubro de 2019
Inicio / Noticias / Sectores do Algarve e Huelva das Equipas de Nossa Senhora encontraram-se

Sectores do Algarve e Huelva das Equipas de Nossa Senhora encontraram-se

Do país vizinho vieram cerca de meia centena de casais, acompanhados do vigário da pastoral da diocese de Huelva, que representava o seu Bispo, ausente por motivos de doença, bem como o pároco da Isla Cristina e Lepe, padre Manuel e o diácono encarregado da pastoral familiar. Do Algarve, com os casais e o assistente do Sector de Faro, o padre António Rocha, esteve também presente o nosso Bispo, D. Manuel Neto Quintas que presidiu à concelebração, na igreja São Luís, pelas 11 horas. Estiveram ainda presentes os responsáveis da Supra-Região Nacional, casal Vasco e Ana que, tendo assumido a responsabilidade deste movimento em Fevereiro último, por ocasião do cinquentenário do nascimento das Equipas de Nossa Senhora em Portugal, não quiseram deixar de viver esta “experiência única”, como referiram. À homilia, o presidente da concelebração, após a reflexão dos textos bíblicos do dia, não deixou de referir a importância deste serviço da igreja em favor das famílias, realçando o seu trabalho efectuado entre nós ao longo de cinquenta anos, referindo as propostas dos seus estatutos como uma referência para a pastoral familiar nas dioceses. Após a animada celebração seguiu-se o almoço conjunto, com partilha das especialidades gastronómicas dos dois países limítrofes. A parte da tarde abriu com a apresentação das equipas, uma intervenção de D. Manuel Quintas que, tendo de se ausentar, saudou cordialmente todos os casais, congratulando-se com esta iniciativa que se dispôs a acompanhar já no próximo ano em que se venha a realizar, naturalmente em Espanha e incentivando as equipas ao empenhamento pela concretização dos objectivos do movimento. Também o casal responsável supra-regional manifestou a sua alegria por este encontro que constituiria, para si, “um incentivo”, já que também eles se encontravam no início duma responsabilidade que merece ser secundada. Seguiu-se um tempo de partilha, com os casais agrupados em nove equipas mistas, reflectindo, a partir dum texto bíblico, sobre três momentos importantes da sua dinâmica de movimento, a saber: o ponto de esforço, a actuação do casal responsável e a participação na eucaristia semanal. A terminar esta partilha usaram da palavra, para realçar a oportunidade das reflexões, o pároco de Isla Cristina e o vigário pastoral de Huelva, encerrando o encontro o pároco de São Luís que, mais uma vez, disponibilizou a logística para este convívio, e se congratulou com a sua realização, apelando ao maior empenhamento de casais e equipas, o que será de esperar dado que, tanto a nível nacional como de sector, foram recentemente empossados novos responsáveis. Aliás, no Algarve haverá, a partir deste mês, não só mais um sector, mas a criação duma região, à frente da qual ficará o primeiro casal responsável de sector que se formou na diocese algarvia.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …