D. Manuel Quintas pediu mesmo aos muitos presentes que quiseram participar na celebração, entre os quais quase todo o clero algarvio, alguns sacerdotes de fora da diocese que colaboram no trabalho pastoral do Algarve nesta Semana Santa, os religiosos, que rezem pelos seminaristas (também presentes) e pelos pré-seminaristas. A instituição no ministério de leitor, que também pode ser conferida a pessoas não candidatas ao sacerdócio, consiste na capacitação para proclamar, solenemente, a Palavra de Deus na comunidade cristã e é assinalada, simbolicamente, com a entrega, por parte do Prelado, da Sagrada Escritura, o livro da Palavra de Deus que o leitor proclamará na assembleia dos fiéis. No caso do Eurico Caetano, natural de Capela-Ilha de São Miguel (Açores), depois de instituído, continuará a orientar a sua vida, o caminho de formação humana e de fé e o aperfeiçoamento espiritual para ser sacerdote, respondendo ao apelo de Deus.